terça-feira, 6 de junho de 2006

Ipod suicida

Eu caí no conto do ipod e estou de mau-humor, portanto, se você não está com ouvidos para reclamações nesse dia sinistro (6/6/6), melhor fugir para outro blog.

Resumo da história: Comprei um Ipod Shuffle em abril de 2005. Em abril de 2006 eu continuava feliz e satisfeita com meu aparelhinho mágico que me fez correr até 10 km. Certo dia resolvi ligá-lo, da mesma forma que fiz inúmeras vezes. Apertei o play e ao invés de acender uma luzinha verde e produzir algum som, o ipod piscou luzinhas verdes e amarelas intercaladas. Não me preocupei muito e esperava que, quando tivesse um computador ao meu alcance, um restore resolveria meu problema.

Não resolveu. Depois de todas as tentativas possíveis, de seguir todas as instruções do site, resolvi sucumbir e aceitar que a solução estava além do meu alcance. Fiquei triste e resolvi não pensar no problema durante um tempo, até que hoje, finalmente levei o aparelhinho na assistência técnica e o que eu temia se confirmou:

Meu ipod morreu! Morreu de morte morrida. Não tem conserto. Eu pergunto: como assim não tem conserto? Não pode existir um produto sem conserto!

O pior de tudo é que, segundo o técnico, não se trata de um problema de hardware. Não tem nada quebrado ou estragado lá dentro. Ele me disse que, sem mais nem menos, quando um conflito de arquivos pode acontecer, ou sem motivo nenhum o sistema interno do ipod dá pau.

A única opção que me foi dada era mandar meu ipod de volta pra apple, pagar uma quantia quase equivalente a um novo para então receber um novo. Isso me fez pensar se o meu ipod não ia ser restaurado e reutilizado, já que ele me parece bastante íntegro, a não ser pelo fato não querer tocar músicas.

Aquele avarento safado do Steve Jobs fica seduzindo o mundo com seus produtos bonitinhos e ordinários e levando a cultura americana do descartável ao extremo. As pessoas compram um ipod e logo, logo já querem trocar pelo modelo novo. Aqueles que se acham espertos e que pretendem ficar com o mesmo ipod durante anos também se dão mal porque nenhum ipod funciona anos... é uma das maiores lendas urbanas dos anos 00's, para quem não sabe.

Pesquisando na net, vi que ipods morrem dessa forma freqüentemente e que algumas pessoas já estão avisando o mundo a respeito dessa picaretagem. Seguirei o mesmo caminho e vou criar um site onde todas as pessoas que compartilham do meu sofrimento poderão se unir e fazer uma revolução contra a fckn apple!

E olha que eu estou muito nervosa. Preparem-se.