quinta-feira, 22 de dezembro de 2005

"You Could Have It So Much Better"

Finalmente ouvi o segundo disco do Franz Ferdinand. A primeira vez que escutei uma música dessa banda eu não me lembro quando foi, mas me lembro de quando os vi pela primeira vez. Foi a apresentação que eles fizeram para o Europe Music Awards de 2004. Tocavam seu primeiro hit, "Take Me Out", que era repetida exaustivamente nas rádios naquela época. A música me lembrava um pouco o U2 no início e a mudança de andamento, truque tão bem usado pelos Beatles, me fascinava.

Bom, nessa época eu pensava que essa seria mais uma bandinha com uma música boa cujo produtor decidiu que a sua "marca registrada" seria ternos e maquiagem. Nem me preocupei em ouvir outras músicas do disco até que esse caiu na minha mão. Ouvi e gostei. Muito. Mesmo assim continuei a subestimar o talento dos rapazes.

Nesse segundo disco eles não só alcançaram como ultrapassaram minhas expectativas. O álbum é bastante pop, disso não tenha dúvida. Mas, se todo disco pop tivesse a qualidade que esse tem, o mundo estava salvo.

"You Could Have It So Much Better" começa com "You´re The Reason I'm Leaving" que já desarma qualquer ouvinte. Em seguida sacam o simpático piano de "Eleanor Put Your Boots On". Sobre "The Fallen" sou até suspeita. Na primeira vez que a ouvi, tudo o que eu queria era já saber a letra de cor pra poder cantar junto. "Do You Want To" é a primeira música de trabalho e muito bem escolhida para esse papel. Tem um refrão fácil e pegajoso, mas surpreendente como costumam ser as canções de FF. Lembra o Blur dos 90, inclusive no vídeo, que é bem-humorado como "Girls and Byos" e "Country House" dos colegas ingleses.

O disco segue com músicas de fácil digestão, mas de forma alguma óbvias. Aliás, a tendência a surpreender é uma característica forte do grupo. Digo isso porque em várias canções podemos ouvir a quebra com o padrão verso, refrão, verso, além da mudança de andamento numa mesma canção, já comentado aqui. Uma única música chega a ter três partes completamente diferentes em termos de ritmo e melodia.

Quanto ao show que eles fariam no Brasil abrindo o U2, parece que já é um boato desmentido. Li que eles estarão acompanhando o Depeche Mode de janeiro a abril de 2005. Uma pena. Eu, como uma devoradora de shows, adoraria vê-los ao vivo.

Quem quiser assistir aos vídeos do FF clique aqui. O mais recentemente publicado foi o de "Walk Away", balada irresistível que está no meu top 5 do momento.